Projetos

SIMMC

SIMMC (Sistema Integrado de Monitoramento do Ministério das Comunicações) é um projeto de pesquisa realizado em parceria com o Ministério das Comunicações (MC), com o objetivo de prover mecanismos para o monitoramento on-line dos projetos de inclusão digital implementados pelo ministério nos municípios brasileiros: Telecentros, GESAC e Cidades Digitais.

Agendador

O aplicativo Agendador foi desenvolvido para viabilizar a automatização do agendamento dos atendimentos com hora marcada em órgãos públicos, permitindo que uma prefeitura crie, por exemplo, horários de atendimento para médicos em postos de saúde.

Patrocínio/Apoio: Ministério das Comunicações (MC), desenvolvido pelo C3SL.

Linux Comunicações

Linux Comunicações é a distribuição Linux oficial dos Telecentros do MCTIC (Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações). Ele provê uma interface intuitiva e voltada para atividades do dia-a-dia, como acesso a internet e edição e impressão de documentos. O sistema também oferece ao responsável pelo Telecentro ferramentas para facilitar a administração do laboratório, permitindo o controle de usuários e gerenciamento do uso dos equipamentos (computadores e impressoras).

OpenSLX

O OpenSLX oferece sistemas operacionais remotos, o projeto explora a tecnologia ipxe para fazer a inicialização de um computador (todo o sistema operacional) via rede, ainda que oferece somente inicialização para o sistema operacional Linux/Ubuntu (Software Livre) o projeto já possui suporte para oferecer MS Windows via virtualização.

Patrocínio/Apoio por: parceria com Freiburg/Alemanha, desenvolvido pelo C3SL.

Sobre cidades digitais

Cidades Digitais é um projeto promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Informação e Comunicação (MCTIC). O Programa iniciou em 2012 e em duas chamadas públicas, foram selecionados 334 em todo o país. A escolha foi feita com base no número de habitantes e nos Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) e o acesso à internet.    O investimento previsto até a conclusão do programa é de mais de R$ 241 milhões que serão aplicados na construção de 987 quilômetros de redes, na conexão de mais de 6 mil pontos e na implantação de 840 praças de acesso gratuito. A atuação do projeto ocorre com:

A construção de redes de fibra óptica que interliga órgãos públicos locais.​

Disponibilização de aplicativos eletrônicos para prefeituras e cidadãos.​

Capacitação de servidores municipais para uso e gestão de rede.

Oferta de pontos de acesso a internet para uso livre e gratuito em espaços públicos de grande circulação, como praças, parques, rodoviárias.

Essas iniciativas geram vínculos sociais, inclusão e democratização da informação, além de aquecerem atividades políticas, culturais e econômicas.

 Os objetivos do projeto, se mesclam com os objetivos gerais do C3SL, o Centro de Computação Científica e Software Livre, grupo de pesquisa do Departamento de Informática da Universidade Federal do Paraná. Um dos nossos objetivos, é proporcionar a inclusão digital com inovação e prezar sempre pela transparência pública.

Hoje, temos quatro iniciativas em parceria com o projeto Cidades Digitais: as quatro são desenvolvidas pelo C3SL e tem como propósito promover a inclusão e democratização com tecnologia de ponta , software livre e acesso público.

Contato

Endereço
Departamento de Informática – UFPR – Centro Politécnico Jardim das Américas
Cx. Postal 19081 – CEP 81531-980 Curitiba – PR


Telefone: +55 41 3361 3567
Fax: +55 41 3361 3205
Email: contato@c3sl.ufpr.br

Horário de funcionamento:
Segunda à Sexta
08:00 – 12:00 / 14:00 – 18:00

Dúvidas sobre os projetos podem ser respondidas preenchendo o formulário abaixo ou entrando em contato diretamente com o C3SL.